Pode oferecer chupeta para cachorro?

Muitos tutores gostam de dar chupeta para cachorro ou mordedores de animais de estimação e outros tipos de brinquedos como presentes. Por exemplo, uma chupeta para cachorro é um dos acessórios mais fofos para um filhote, principalmente quando são filhotes.

Mas dar chupeta a um animal de estimação é realmente um hábito saudável?

chupeta para cachorro

Neste artigo que reservamos para você, vamos responder a essa pergunta e dar algumas dicas para manter seu cão saudável e feliz com seus brinquedos todos os dias.

Além disso, analisamos os principais tipos de acessórios para animais de estimação, inclusive chupeta para cachorro e como eles afetam a saúde do seu animal de estimação.

Vamos descobrir?

Chupeta para cachorro: pode ou não pode?

Não é incomum ver fotos e vídeos de mentores dando chupeta para cães nas redes sociais, principalmente quando são filhotes. Essa é uma cena muito fofa. Mas a verdade é que esse hábito pode ser muito prejudicial à saúde canina.

Embora os cães façam parte da família de muitas pessoas, eles não podem ser considerados verdadeiros bebês. Afinal, chupetas são acessórios desenvolvidos para crianças pequenas! Sim, dar chupeta a um cachorro pode prejudicar seu desenvolvimento.

O raciocínio por trás disso é simples: a anatomia canina é muito diferente da humana, então uma chupeta pode retardar o desenvolvimento da arcada dentária do seu animal ou até destruí-la completamente.

Por isso, a maioria dos veterinários não recomenda o uso de chupeta para cachorro filhotes. Além de causar problemas nos dentes, a prática envolve outros riscos, como o perigo de o filhote mastigar e engolir pedaços do acessório e, eventualmente, causar danos ao sistema digestivo.

Questões psicológicas

As chupetas também podem acabar sendo bastante desfavoráveis ​​quando se trata da psique dos Doguinhos. Os cães podem se tornar dependentes de acessórios e sofrer algumas mudanças comportamentais como resultado, como deixar outros brinquedos de lado, ou ser surpreendido por seu mentor ao tentar tirar a chupeta deles.

Ter um cão saudável vai além dos cuidados básicos diários. Trata-se também de dar a eles o tratamento que é melhor para sua espécie, evitando alguns hábitos – por mais fofos que sejam – que podem prejudicar seu bem-estar a longo prazo.

Além de não dar chupeta ao cachorro, outros comportamentos proibidos pelo instrutor incluem dar banho em excesso no cachorro, andar no carrinho com um amigo de quatro patas e usar sapatinhos de bebê sobre sapatos peludos.

Brinquedos para filhotes de cachorro

Agora que você sabe que não é apropriado dar chupeta para cachorro, não desanime! Na verdade, existem muitos outros modelos e tipos de brinquedos para cachorros disponíveis, segundo especialistas.

doguinho

Na hora de escolher o melhor brinquedo, é importante considerar o cotidiano do animal.

Para os pets que precisam de energia e exercício, aposte em acessórios que atendam a essa necessidade.

Por outro lado, se seu pet gosta de roer suas coisas, que tal optar por guta-percha natural ou osso?

Por exemplo, na fase de substituição de dentes decíduos por permanentes, que ocorre entre 4 e 7 meses de vida, fornecer guta-percha pode ser um hábito saudável no cotidiano de pequenos animais.

Isso ocorre porque, nesse momento, os doguinhos filhotes começam a se sentir compelidos a morder tudo o que veem – incluindo sapatos e móveis – à medida que os novos dentes os fazem sentir coceira nas gengivas.

Como escolher mordedores para cachorro?

Para escolher uma boa chupeta para cachorro, vale considerar o formato, o tamanho e o material do acessório. No caso de cães grandes, brinquedos maiores são mais adequados para reduzir o risco de engolir peças acessórias.

Brinquedos de mordida também oferecem aos animais de estimação alguns outros benefícios. Além de serem feitos especialmente para a anatomia do cão e não apresentarem riscos à saúde, ajudam a fortalecer os músculos da mandíbula, promovem diversão e estimulam a produção de saliva.

Alívio de ansiedade e estresse

Morder também é bom para a psicologia do seu animal de estimação. Morder e mordiscar alivia a ansiedade e o estresse, regula a hiperatividade em cães muito ativos e continua sendo uma ferramenta muito eficaz contra o tédio em amigos de quatro patas.

Lembre-se de escolher brinquedos de materiais amigáveis ​​para animais de estimação que tenham ingredientes não tóxicos e que possam ser lavados para evitar o acúmulo de sujeira e/ou bactérias que podem prejudicar a saúde do seu cão.

Ao contrário das chupetas para cães, outra opção segura é investir em opções de brinquedos educativos, que utilizam recompensas para estimular determinado comportamento. Essa conexão entre ação e recompensa incentiva – muito! – Cérebro e inteligência do filhote de cachorro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.